[Resenhando] Uma Canção para a Libélula vol. 2


Autora: Juliana Daglio
Páginas: 368
Editora: Arwen
Sinopse: Um segredo antigo, uma alma conturbada, uma comprida escada. Valéria agora está de frente com a verdade e com uma velha amiga, a Loucura. Depois de um final aterrador, Uma Canção para a Libélula - parte I, deixou leitores ansiosos pela sua continuação. A história da jovem pianista Vanessa, e sua luta contra a Vilã Cinzenta, conquistou corações pelo Brasil inteiro e agora tem seu desfecho. A Menina que se encontrou com a Libélula viveu um sofrimento extremo, mergulhando em sua alma obscura para nos contar sua história.
Dentro de um casulo escuro os segredos permeiam, envenenando toda a existência dessa família marcada por uma morte precoce. Diante das rachaduras há uma descoberta incrível: asas de diamante, um voo alto em meio às nuvens de um entardecer cor de algodão doce, e o encontro mais importante de uma existência.
Seja forte agora, mas não contenha suas lágrimas. Ouça a Canção até o final.
Compre aqui: Vol. 1 / Vol. 2


RESENHA

Após os acontecimentos do vol. 1, vemos o que ocorreu logo em seguida. Já nas primeiras páginas temos uma ideia dos segredos da família Santos, pelo menos minhas suspeitas se confirmaram mais adiante.
"Talvez pela primeira vez eu tenha notado isso. Quando os sentimentos e as coisas terríveis que a depressão nos faz sentir estão em seu ápice, não vemos as coisas boas ao nosso redor."
Vanessa está tentando se erguer após a queda no abismo de suas emoções, conviver com as pessoas que a amam, aguentando aquele olhar de alívio e preocupação, além de seus próprios sentimentos. Por mais que sua família a apoie, eles temem dizer ou fazer algo que a machuquem, e isso não a ajuda. Até que chega Nathan. O rapaz misterioso que a intriga desde que se conheceram, vai ajudá-la a dar cada passo até que ela esteja bem novamente. Ele a intriga, deixando pouco de si visível, mas sempre querendo conhece-la melhor.
"A parte mais difícil na depressão é que mesmo nos momentos de melhora os pensamentos são torturantes."
Acompanhar os passos de Vanessa voltando a viver sua vida foi emocionante, mais uma vez meus sentimentos foram remexidos. Eu devorei as 368 páginas em dois dias. Foi difícil dar adeus às Libélulas da Juliana. Adorei conhecer a história do Nathan, quem diria que ele passou por tudo aquilo e escolheu viver uma boa vida e ajudar os outros. Se ficou curioso basta ler este incrível livro.
Mais uma vez eu parabenizo a Juliana Daglio, não sei se estes livros fizeram diferença pra quem leu, mas para mim, foi uma grande ajuda. Me fez enxergar que se as coisas estão difíceis, basta olhar ao redor. Sei que haverá uma que pessoa que te amo e te ajudará a levantar. Te mostrará que o caminho para vencer sua Vilã Cinzenta é aprender a amar você mesmo em primeiro lugar.
Se você pudesse ouvir o pensamento de todas as pessoas saberia que não há sanatórios no mundo suficiente para abrigar todos os loucos."
Me arrependo de não ter devorado esses livros assim que chegaram. Essa duologia é aquele tipo de leitura que você gostaria de poder esquecer só para ler e sentir tudo novamente. Até mesmo uma certa parte... Juliana sabe bem da minha reação nessa hora. Ainda assim, ele se tornou um dos meus preferidos.
As libélulas continuam a enfeitar as páginas lindamente. A diagramação e espaçamento são confortáveis e tem apenas alguns errinhos na revisão.
Mais uma vez recomendo esse livro, ele merece ser lido. Mas esteja certo de que você se emocionará com a história da Vanessa e do Nathan também.
Como minha amiga Nathy Bastos, do Biblioteca Lecture disse:
"Esse livro não é para qualquer um, mas quero indicar a todos, sem exceção, pois quero que todos saibam como exatamente é, a verdade nua e crua, sobre essa doença."


Você pode ler ouvindo a playlist organizada pela autora, clicando aqui

"[...] Ele cuidou de mim como se eu fosse de cristal, e me mostrou que eu era de diamante."


Outras fotos:







Leia também:

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Miga sua louca lkkkk amei as fotos!!!! Vou roubar umas pra divulgar kkkk!!
    Obrigada pela referencia amiga!! Esse livro me tocou e não canso de dizer isso, quero o Nathan na minha vida!! Sua resenha ficou espetacular sua linda :)

    Nathalia Bastos - Biblioteca Lecture

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaa, miga!
      Imagina, fique a vontade ;)
      E quem não quer um Nathan na vida?!

      Excluir
  2. Migaaaaa!!! Você é sempre tão maravilhosa!
    Muito feliz que a história do Nathan também te conquistou. Você é a Nathy são muito muito especiais pra mim!!! 💜💜💜

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathan é nosso marido hahahaha
      Você é extremamente importante para nós 💜💜💜💜

      Excluir

Deixe seu comentário, ficarei feliz em saber sua opinião.

Coloque o link do seu blog para que eu possa retribuir a gentileza ;)
Obrigada pela visita, volte sempre!

- Proibido qualquer tipo de ofensa e linguagem imprópria -